“Não se faz Deuses, faz-se Monstros”, diz Tim Blanks sobre personagens do Street Style

A revista russa Garage transformou em documentário uma discussão fashion que há tempos paira sobre as salas de desfile mais importantes do planeta: jornalistas vs. blogueiros-e-montados-do-street-style.

O mais interessante da produção Take My Picture são as opiniões dos dois lados, que são tratados, aqui, honestamente. Quem argumenta com muita propriedade é o jornalista de moda Tim Blanks que declara: “Não faz Deuses, faz Monstros”, referindo-se a atenção dado aos personagens do street style.  Ao final do filme você escolhe o seu time ou reconhece que o caminho é a harmonia entre “competidores”.

Minha opinião é que documentários como este desmistificam a ilusão de que as imagens de street style são espontâneas — tanto na hora de posar como na escolha da combinação que mais se destacará na multidão. O futuro será decido pelo senso crítico e pela livre escolha de quem consome, atualmente, as duas ‘doutrinas’.

Anúncios