Gucci abre semana de moda de Milão com coleção deslumbrante e influência oriental

O badalado desfile da Gucci movimenta jornalistas, bloggers, fashionistas, fashionlovers e os críticos de tudo. Esperado como um verdadeiro acontecimento a parte, o Gucci Show é que lança a semana de moda de Milão às colunas e listas de “must have”.

Presentes na sala de desfiles estava o casal Salma Hayek e François Henri Pinault — proprietário do grupo PPR–, que roubaram a cena das outras celebridades presentes. Ninguém mais foi tão fotografado. Na hora do desfile, Salma e François expressaram reações a cada look desfilado. Nada de cara de paisagem!

François-Henri Pinault, Mathilde Pinault e Salma Hayek

François-Henri Pinault, Mathilde Pinault e Salma Hayek

Na passarela, o couro imperou em técnicas modernas de refinamento. Trabalhado até atingir espessura delicada e maleabilidade extrema, as peles de píton, couro e camurça adquiriram movimento e leveza.

Seguindo uma modelagem justa, quase colada, o couro parece tornar-se uma segunda pele. Em píton negro envernizado, o tailleur com detalhe em basque lança a dúvida quanto ao seu estilo que combina traços clássicos, eróticos e arrojados ao mesmo tempo.

O corte reto das vestes orientais surgem em casacos curtos cujo acabamento adquire o fio reto da “navalha laser” ou simplesmente se apresenta sem gola, casas e botões. Também presente, o decote em trespasse que por vezes traz botões para valorizar casacos e também vestidos.

Desta vez, a cartela de cores veio mais comedida. O preto como de costume dá o tom e as outras notas de cor o acompanham. Sendo assim, as cores aparecem mais sóbrias. Ocre quase terracota, rosa “ciclamino”, verde esmeralda escuro e cinco tons diversos de azul são as cores presentes.

Do meio para o fim, com a mudança da música, chega a moda festa. Parece outro desfile. O deslumbre toma conta dos olhares ao ver na passarela longos metros de seda fluida deslizando a beleza do corte reto que abre em suave godê. Os bordados cobrem curvas e busto, deixando partes do corpo revelada por fina camada de tule, tela ou renda. As costas estão nuas em vários vestidos, porém os decotes são comportados. A influência oriental chega com a riqueza dos bordados explorados em pequenas contas de metal tal qual escamas de dragão, plumas e fios de seda.

Ao término da fila final surge Frida Giannini gravidíssima vestida em blusa modelo poncho e calça preta.

Anúncios