LUXO RESPONSÁVEL: Mugler e Clarins ampliam ação para recarga de fragrâncias

Passar no posto para encher o tanque do carro é um hábito usual em nossa vida moderna. Mas você já se imaginou indo à perfumaria mais próxima abastecer seu vidro de perfume?

A inovação chega levantando a bandeira do luxo responsável e vem direto da direção da empresa de beleza Clarins. Em uma coletiva de imprensa onde Christian Courtins-Clarins, diretor do grupo, e o estilista Thierry Mugler compartilharam a mais nova visão do grupo.

Para celebrar o vigésimo segundo aniversário do lançamento do perfume Angel de Thierry Mugler, a Clarins instalará 2.200 “fontes de perfume” em seus maiores pontos de distribuição ao redor do mundo. A partir de abril será possível comprar o vidro de perfume vazio e enchê-lo na “fonte”.

Fabricantes dos perfumes que levam a assinatura de Mugler e alguns do Clarins Fragrance Group pretendem lançar a novidade com os perfumes Angel, Eau de toilette Angel, Alien e Womanity.

mugler01

La Source Mugler

A comercialização de refil de perfumes não é novidade, sendo já promovida pela própria Clarins desde 1992. Atualmente, a venda da recarga do Angel corresponde a 40% de seu total negociado. A divisão de perfumes da Hermès também investe no segmento com seu perfume unissex Voyage.

De acordo com Sandrine Groslier, diretora da divisão de perfumaria, a cada 7 segundos no mundo, um frasco de Angel é ‘reabastecido’. “É uma experiência única, um ritual luxuoso que a consumidora poderá oferecer a si mesma, além de representar uma economia nos gastos.”

mugler02

Frasco Angel para recarga

Muito em voga, a experiência de compra — shopping experience — quer resgatar a fidelidade da clientela perdida nas últimas décadas.

Por meio do intitulado Luxo Responsável, o grupo Clarins visa adotar uma política preservacionista, transformando seus produtos em fonte de proteção da biodiversidade. Para cada recarga efetuada em uma fonte de perfume será plantada uma árvore na floresta amazônica peruana.

Agir de forma duradoura contra o desperdício é o conceito que permeia a ação que calcula evitar a emissão de 380 toneladas de dejetos. “ Essa compulsão pelo desenvolvimento responsável é uma ideia fantástica. Dessa compulsão nasce a beleza”, afirmou Joel Palix , presidente do Grupo Clarins.

Anúncios