Erika Palomino mapeia a origem do “novo” na Moda

erika palomino 2

A abertura da segunda edição do GOFashion se deu com a palestra da jornalista Erika Palomino sobre a importância do “novo” para moda. Resumo aqui os insights mais interessantes e didáticos expostos pela atual diretora de redação da revista L’Officel brasileira.

Erika-Palomino

– “Os figurinistas de telenovela são os grandes lançadores de moda no Brasil. A rua que define se é ou não moda”

– Onde encontrar o novo: Artes plásticas, Música, Cinema, Comportamento das pessoas e variações climáticas, Internet e Matérias-primas e seus desdobramentos.

– Quem inova segue a intuição e emoção.

– Os tons lavados, ou candy colors, foram vistos primeiramente na apresentação de alta-costura Spring 2011 da Chanel. Hoje podemos observar o boom de doces como os macarons Ladurée. Agora, o chá da verdade ficou cool.

chanelhc

Chanel, SPRING 2011 COUTURE

– Grafitti Chic. Antes marginalizado, o grafite já é considerado arte e figura inúmeras exposições em museus respeitados. Um exemplo próximo é a dupla brasileira osgêmeos, que acaba de fazer uma parceria para com a Louis Vuitton.

– A febre por glitter começou com os sapatos que Miuccia Prada idealizou para Miu Miu em 2011. Depois disso, elementos como furta-cor e metalassê dourado ficaram em voga.

Miu-Miu-Fall-2011-Glitter-Pumps

Inverno 2011 Miu Miu. Hailee Steinfeld by Bruce Weber

Anúncios