“Belém, belém, nunca mais fico de bem”. NUNCA?

O que seria da moda sem as polêmicas de bastidores? Mesmo Brasília, base do BLOGAZINE, tem seus ‘acontecimentinhos’, o que deixa tudo mais saboroso. Atire a primeira pedra quem não gosta de se atualizar com as delícias da fofoca. É, inclusive, uma questão de sobrevivência… networking e afins…

Indo ao panorama internacional. Essa semana o estilista Oscar de la Renta fez, abertamente, as pazes com a jornalista de moda do The New York Times Cathy Horyn. Para quem não está ligando os pontos, o mal estar entre dois aconteceu após uma crítica sobre a coleção de inverno 2013 Oscar de la Renta, meses atrás.

Cathy chamou o designer de ‘hot dog’. O estilista ficou ofendidíssimo com o adjetivo que é usado habitualmente no linguajar de esportes para descrever um profissional ‘blefe’, que se utiliza de artifícios/distrações para tirar atenção da qualidade de seu trabalho, objetivamente falando.

Pois bem. Na época, Oscar comprou um espaço de publicidade no informativo diário WWD (a versão impressa) e divulgou sua carta aberta chamando a jornalista de “hambúrguer de três dias atrás” e banindo-a de seus futuros desfiles. Mas tudo ficou no passado…

Horyn foi vista no backstage pre-fall Oscar de la Renta. Ela estava acompanhada pelo CEO da grife Alex Bolen que disse ao WWD: “Ela é uma profissional e ela tem um trabalho a fazer”.

Ela veio me ver antes do show e eu disse a ela que enxergamos a moda de duas maneiras diferentes. Eu respeito o seu caminho e eu espero que ela respeite a minha maneira. Leio cada artigo que ela escreve sobre moda. Eu nunca guardarei rancor”

— Oscar de la Renta sobre o buchicho, logo após o desfile

Ah, Oscar é um gentleman! Mais amor, por favor. Mágoas tem mesmo que ficar no passado. “Vamos esquecer e viver”, esse é o (meu) mantra para 2013.

Bem humorado, o designer completou: “It takes two to tango”.

Página virada para de la Renta. Mas e Hedi Slimane? O atual diretor de criação Saint Laurent também se estranhou com a Cathy Horyn, banindo-a de seus desfiles e pronunciando-se ofensivamente sobre a jornalista via Twitter. Cathy definiu a última coleção YSL como uma “boa versão, porém congelada, de uma bohemiam girl no Chateau Marmont, ou em St. Tropez”.

Se o bichinho da harmonia fashion está solto, apenas o futuro dirá. O calendário de haute couture (alta-costura) se aproxima e, quem sabe, com ele os próximos capítulos.

Imagens©Reprodução

Curta o BLOGAZINE no Facebook para que possamos ser amigos e siga-nos no Twitter @Blogazine_ para conversarmos

Anúncios