BLOGAZINE MIXTAPE #6 – Especial “As Vantagens de Ser Invisível”

Me desculpe por antecedência pois falarei novamente de “As Vantagens de Ser Invisível“, mas prometo que desta vez é mais sobre música do que sobre o filme em si. De qualquer forma, as memórias do longa-metragem permanecem vivas em mim e isso é sempre um ótimo sinal. Especialmente por conta da trilha sonora.

Para a MIXTAPE desta semana, que vem novamente antecipada por conta do feriado, me concentrei em um dos “momentos auge” da produção adaptada para o cinema. Estou me referindo à cena em que os três amigos resolvem passar de carro por dentro de um túnel simplesmente para amplificar a sensação de ouvir boa música — no caso deles, David Bowie (!). A juventude tem dessas coisas: o mundo parece estar ao seu alcance e cheio de possibilidades: INFINITO.

O filme se passa no início dos anos 90. Na época, a maneira usual de se ouvir lançamentos musicais era por rádio. Se você tivesse sorte, conseguiria guardar aquele momento especial em uma fita cassete e compartilhar com os amigos em uma… MIXTAPE.

Aqui exponho uma seleção de músicas que me dão a sensação de possibilidades infinitas, que elevam meu espírito e me transportam ao topo da cadeia! Claro que me esforcei em usar faixas e versões que dificilmente passaram pelo seu sistema auditivo. A ideia é te oferecer novos momentos e sensações!

ZEDD – Hourglass (feat. LIZ)
GOTYE – Eyes Wide Open
SHY CHILD – Disconnected (Ocelot remix)
ANGEL HAZE – Werkin’ Girls
CAPITAL CITIES – Safe and Sound
MONARCHY – Love Get Out of My Way
DESTINY’S CHILD – Say My Name (Cyrill Hahn Remix)
FRANK OCEAN – Lost
FLORENCE + THE MACHINE – Addicted to Love (Robert Palmer cover)
††† – opTion
CIVIL CIVIC – Street Trap
THE WHITE PANDA – Midnight Life
LES BIG BYRD – Zig Smile

Imagens©Reprodução

Curta o BLOGAZINE no Facebook para que possamos ser amigos e siga-nos no Twitter @Blogazine_ para conversarmos

Anúncios