Equilíbrio e elegância definem Verão 2013 de Ermanno Scervino

Um verão em tons solares é a proposta de Ermanno Scervino para o 2013 europeu. Do amarelo, ao rosa passando pelo marrom, o sol ilumina os dias quentes refrescados pelo branco. E, ao anoitecer: o preto.

A sensualidade construída por Scervino parece talhar o corpo feminino em curvas.

Efeitos de costas nuas e aderência não-vulgar faz do corte do estilista um dos que mais propiciam o balançar do corpo com charme; aquele efeito ‘poderosa’ que nós mulheres buscamos.

Babados e comprimentos curtos em contraste com os longos podem ser usados tanto durante o dia como à noite.

Do charme diurno ao elaborado noturno, vemos a presença do rigor da alfaiataria que estrutura ombros e cintura em proporções equilibradas.
Sim, equilíbrio é uma boa palavra para sintetizar o trabalho de Ermanno Scervino.

Um delicado trabalho de transparência revela linhas sutis do corpo formadas pelo uso da geometria aplicada em mosaicos de tecido. Resultado? Elegância!

Dos anos 60, o corte trapézio se contrapõe ao tubular resgatado da década de 90.

Franjas longas em passamanaria de seda e galões também do mesmo material adornam as peças que formam o último bloco do desfile que explora o branco e o preto. A combinação preto e branco é uma aposta forte por aqui.

Franca Sozzani, editora chefe da Vogue Itália é pura animação, falando e sorrindo ao longo da fila final. Aqui na Itália, Ermanno possui uma excelente reputação e venda garantida. Sua roupa é estruturada para transparecer apenas o melhor das curvas de cada mulher.

Um clássico moderno, uma realidade vivida na praticidade elegante de nossos dias!

Anúncios