Sabe a origem dos nomes dos esmaltes? Vem descobrir

Lendo a revista Superinteressante de agosto, me deparei com a explicação da origem dos nomes dos esmaltes. É puro marketing. Simplesmente para que clientes consigam lembrar-se com facilidade das cores representadas por “Deixa beijar” e “Marrom mutante”, como pontua a revista.

A estratégia de Coco Chanel não se aplica muito ao mercado brasileiro. o nome do perfume mais vendido da grife, Chanel n°5, é por conta da série de frascos enumerados de 1 à 5 com fragrâncias formuladas por Ernest Beaux. Coco escolheu o quinto frasco.

A formulação dos nomes é uma responsabilidade do departamento de marketing das empresas fabricantes de esmalte. Os títulos tem a ver com criatividade e tendências de mercado e moda.

Em 2011, as brasileiras compraram 2010 milhões de vidros de esmalte – mais de dois por mulher. A receita gerada foi de R$ 511 milhões.

Curiosidade: o esmalte “Renda” da Risqué é o mais vendido do país.

Anúncios