NO PAÍS DAS MARAVILHAS, Prada e Miu Miu despedem-se do minimalismo

Dê tchau ao minimalismo. O que se viu nas coleções de inverno 2012-13 são sobreposições inteligentes com motivos ópticos e fanfarronice! Tudo isso faz lembrar o quê? “Alice no País das Maravilhas“!

Usando o bordão (adaptado) da novela Avenida Brasil, “a culpa é da Miuccia Prada”. As grifes Prada e Miu Miu mostraram estampas ópticas e proporções grandiosas, inclusive no cabelo longo que a Maria Thereza tanto observa em Milão.

As grifes Kenzo, Jonathan Sauders e Aquilano também usaram padronagens que parecem ter saído direto dos anos 60. Essa tendência a lá papel-de-parede era uma das apostas para moda detectada no fimzinho de 2011. Lembro que listei-a em uma matéria que reunia as maiores expectativas para 2012. Scratch that!

Mas por que dar destaque para essas duas grifes do Grupo Prada? A proliferação de capas de revista e editoriais com looks dessas marcas é realmente algo palpável. Por muitas temporadas, Prada e Louis Vuitton disputam a contagem de looks de capa:

Placar de Primavera 2012: LV 88 x 78 PRADA

Meio Stanley Kubrick, o fashion film da Prada tem jeitão matrix-chic-retro. A produção foi dirigida por Steven Meisel:

Classificado como behind the scenes, esse pode ser perfeitamente o vídeo oficial de inverno 2012-13 da Miu Miu :

> > INSPIRE-SE < <

Anúncios