Diário de bordo: Maria Thereza Laudares mostra suas primeiras imagens do verão milanês

Ponto de partida. Vamos passear?

Em uma manhã de sol, resolvi sair para dar uma volta. Com minha câmera fotográfica em punho, registrei o que vi para compartilhar.

Para uma bela caminhada pela cidade: sapatilhas!! As minhas Repetto
são companheiras infalíveis – puro conforto!!

Os dias estão quentes e todos param para se refrescar ou tomar fôlego. Na
Piazza San Babila a fonte parece umidificar o ambiente


De repente uma pequena multidão me chama a atenção com risos e gargalhadas. Me aproximo para ver o que é. O palhaço com rosto pintado e corpo de boneco move os bracinhos e tem voz engraçada, fazendo piada com todos que estão ali

Sempre me divirto com essas atrações populares que ganham as praças populares durante o verão. Essa cultura de entretenimento surge na Idade Média européia


Bolsa masculina é um hábito muito milanês logo adotado por quem chega. Com certeza mais
divertidas que as mochilas que vivem esbarrando na gente!


As sandálias gladiadoras ainda estão por aí. Há alguns anos atrás diria que a moda já estava no
fim uma vez que já ganhara as ruas no entanto as vitrines ainda expõem gladiadoras


Fashionista comunica com a imagem! Quem é? Estudante do curso
de Fashion Design do Instituto Marangoni!!


Minimalismo expressa elegância singular! Próxima ao
corpo, a roupa acompanha o andar


O conforto ultrapassa as barreiras do bom gosto. A moda que saiu das ruas e ganhou as vitrines
pela astúcia de Marc Jacobs volta ao seu lugar de origem! Que medo!


Vintage total! Não acreditei em meus olhos! Atualmente, os italianos usam calça de bainha curtíssima, inspirada nos Teddies dos anos 60. Os sapatos sem meias aparentes complementam o look. Por aqui os homens exploram toda a criatividade no vestir

Olhar atento e até a próxima!

Anúncios